• Home
  • Blog
  • Aula 3 – Verificando o resultado da validação de um arquivo transmitido
Nosso Blog
03/17/2023

Aula 3 – Verificando o resultado da validação de um arquivo transmitido

É importante verificar o resultado da validação de um arquivo transmitido.
Guia de Conteúdo

O SNGPC (Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados) é uma plataforma eletrônica desenvolvida pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que tem como objetivo monitorar a venda e a movimentação de produtos controlados em farmácias e drogarias de todo o país.

Para garantir o correto funcionamento desse sistema, é necessário que as empresas que atuam nesse mercado tenham um conhecimento aprofundado sobre como verificar o resultado da validação de um arquivo transmitido no SNGPC.

Neste artigo, vamos explicar o que é a validação de um arquivo transmitido no SNGPC, como verificar o resultado dessa validação e quais são os possíveis erros que podem ocorrer durante esse processo.

O que é a validação de um arquivo transmitido no SNGPC?

A validação de um arquivo transmitido no SNGPC é um processo que tem como objetivo verificar se as informações contidas no arquivo estão de acordo com as normas e exigências da ANVISA.

Esse processo é realizado automaticamente pelo servidor da ANVISA, que analisa os dados enviados pelo sistema informatizado da farmácia ou drogaria e emite um resultado de validação.

Drogarias e farmácias precisam ter um software confiável para transmitir os arquivos.
É fundamental que as farmácias e drogarias tenham um sistema informatizado adequado. (Foto: Divulgação)

O resultado da validação pode ser um dos seguintes:

Válido:

O arquivo transmitido foi validado com sucesso e as informações estão de acordo com as normas e exigências da ANVISA.

Inválido:

O arquivo transmitido não foi validado com sucesso e contém erros ou inconsistências que impedem o seu processamento.

Parcialmente válido:

O arquivo transmitido foi validado com sucesso, mas contém algumas informações que não estão de acordo com as normas e exigências da ANVISA.

Como verificar o resultado da validação de um arquivo transmitido no SNGPC?

Para verificar o resultado da validação de um arquivo transmitido no SNGPC, é necessário acessar o sistema informatizado da farmácia ou drogaria e buscar pelo registro da transmissão. Esse registro pode ser encontrado na área de histórico de transmissões ou em um relatório específico de validação.

Ao encontrar o registro da transmissão, é possível verificar o resultado da validação e identificar se o arquivo transmitido foi validado com sucesso ou se houve algum erro ou inconsistência que impediu o seu processamento.

Caso o arquivo tenha sido validado com sucesso, é importante conferir se todas as informações foram registradas corretamente e se não há nenhum problema com a movimentação de produtos controlados na farmácia ou drogaria. Caso haja algum problema, é necessário corrigir as informações no sistema informatizado e realizar uma nova transmissão.

Caso o arquivo tenha sido invalidado ou parcialmente validado, é necessário identificar o motivo do erro ou da inconsistência e fazer as correções necessárias no sistema informatizado. Alguns dos motivos mais comuns para a invalidação ou a parcial validação de um arquivo são dados incompletos, inconsistências nas informações ou problemas de conexão.

Possíveis erros durante o processo de validação de um arquivo

Durante o processo de validação de um arquivo transmitido no SNGPC, podem ocorrer alguns erros ou inconsistências que impedem o seu processamento. Alguns dos erros mais comuns são:

Erro de estrutura:

Ocorre quando a estrutura do arquivo não está de acordo com as normas e exigências da ANVISA. Esse tipo de erro pode ser causado por problemas na codificação do arquivo ou pela falta de informações necessárias.

Erro de integridade:

Ocorre quando o arquivo transmitido é danificado ou alterado durante o processo de transmissão. Esse tipo de erro pode ser causado por problemas na conexão com a internet ou por falhas no sistema informatizado da farmácia ou drogaria.

Erro de conteúdo:

Ocorre quando as informações contidas no arquivo não estão de acordo com as normas e exigências da ANVISA. Esse tipo de erro pode ser causado por dados incompletos, inconsistentes ou incorretos.

Erro de duplicidade:

Ocorre quando as informações contidas no arquivo já foram registradas anteriormente no SNGPC. Esse tipo de erro pode ser causado por problemas na integração do sistema informatizado da farmácia ou drogaria com o SNGPC.

Você poderá poupar tempo e receber informações sem precisar ficar procurando.
Com esse software você já terá uma mensagem informando da validação. (Foto: Divulgação)

Como evitar erros durante o processo de validação de um arquivo?

Para evitar erros durante o processo de validação de um arquivo transmitido no SNGPC, é fundamental que as farmácias e drogarias tenham um sistema informatizado adequado e devidamente configurado para a transmissão de dados ao SNGPC.

É importante que o sistema informatizado seja atualizado frequentemente e esteja em conformidade com as exigências técnicas. Além disso, é importante que a equipe responsável pela transmissão de dados tenha um treinamento adequado para utilizar o sistema informatizado e seguir as normas e exigências da ANVISA.

Outra medida importante para evitar erros durante o processo de validação de um arquivo é a conferência dos dados antes de realizar a transmissão. É fundamental que as informações registradas no sistema informatizado estejam precisas e completas, para que a ANVISA possa monitorar adequadamente a movimentação de produtos controlados em todo o país.

Conclusão

A validação de um arquivo transmitido no SNGPC é um processo fundamental para garantir a segurança e a legalidade da venda de produtos controlados em farmácias e drogarias. Para verificar o resultado da validação de um arquivo transmitido, é necessário acessar o sistema informatizado da farmácia ou drogaria e buscar pelo registro da transmissão.

É importante lembrar que durante o processo de validação de um arquivo, podem ocorrer erros ou inconsistências que impedem o seu processamento. Para evitar esses erros, é fundamental ter um sistema informatizado adequado, atualizado e configurado para a transmissão de dados ao SNGPC. Além disso, é importante conferir os dados antes de realizar a transmissão e seguir as normas e exigências da ANVISA.

Nós, da CMA Sistemas, não aceitamos essa forma sugerida pela ANVISA, pois acreditamos que um software, ou um sistema automatizado, deveria facilitar ao máximo a rotina do usuário e não oferecer mais passos, mais cliques,  mais acessos ao site, numa rotina entediante e não produtiva para os farmacêuticos, apenas para descobrir que o seu arquivo foi aceito pela ANVISA.

Pensando nisso, nós desenvolvemos uma forma mais natural e fácil de saber se o seu arquivo foi aceito.

Vamos supor que você usa nosso programa, digitou toda a movimentação do dia  e transmitiu para a ANVISA. Terá que aguardar a validação ocorrer para saber o resultado, então terminou os seus trabalhos do dia e desligou o computador.

No dia seguinte, ao entrar no aplicativo, logo na entrada você já terá uma mensagem informando da validação conforme explicado em um vídeo prático.

Entre em contato conosco e adquira o SNGPC Remoto, para tornar sua rotina mais simples e cumprir as normas da ANVISA ao mesmo tempo.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 4 =

SNGPC Remoto

Categorias

Veja Também

Nota técnica SNGPC 2.0 – IMPLANTAÇÃO

NOTA TÉCNICA SNGPC 2.0   SOBRE A VERSÃO 2.0 DO SNGPC 01/04/2013 Esta Nota Técnica descreve o detalhamento e a orientação de procedimentos relativos à transição da versão atual para a versão 2.0 do SNGPC

Unidade de medida: Antes da padronização, os antimicrobianos eram vendidos em diferentes unidades

Unidade de medida de medicamento – SNGPC Antimicrobianos

A unidade de medida de medicamentos é uma informação essencial para garantir a segurança e eficácia no uso, especialmente quando se trata de antimicrobianos. Afinal, o uso indevido desses medicamentos pode levar à resistência bacteriana

Novos campos no SNGPC Antibióticos

      01/06/2012 Novos campos no SNGPC Antibióticos Será incluído um novo valor para o tipo simples “Tipo de receituário de medicamento” para contemplar o medicamento antimicrobiano, que será denominado “Receita antimicrobiano em 2